Raios podem matar
2013-12-26 09:25:00

Com o aumento das chuvas nesta época do ano, também há uma incidência maior de raios. Muitas vezes acontecem fatalidades, mas também lições podem ser tiradas, como foi o caso deste repórter que vos escreve. Para quem esteve junto e presenciou a cena, descreve que o corpo acendeu como um pinheirinho de natal.
Distante a 50 km de Bonito na MS 382, no barzinho em frente ao Posto Fiscal Agropecuário, em meio a Serra da Bodoquena, raio e trovão atingiram ao mesmo instante o poste de luz. Após a descarga elétrica percorrer a fiação elétrica e atingir o freezer, onde o corpo estava apoiado, a energia passou pelo corpo criando o efeito “pinheirinho de natal”. Por um instante o mundo e tudo que faz sentido desapareceram, mas foi apenas um susto.
O Brasil é atingido por 100 milhões de raios anualmente numa amplitude de 10 mil vezes maiores que a força da energia residencial. Cerca de 200 pessoas morrem anualmente no país atingidos por raios.
O que fazer para se proteger de raios
Raios são muito perigosos e podem matar. Se estiver na rua procure abrigo. Se você estiver dentro de casa, fique e tire seus aparelhos eletro – eletrônicos da tomada. O interior de um carro também é um local seguro.
Se estiver em uma área descampada o melhor a fazer é se deitar no chão. Os raios são atraídos pelos pontos mais altos do lugar. Mas mesmo assim pode ser atingido pela descarga do raio caso o solo estiver molhado.
O que fazer para ajudar uma pessoa atingida por um raio
Quando uma pessoa é atingida por um raio ela pode sofrer parada cardo-respiratória. Neste caso faça massagem cardíaca e respiração boca-a – boca artificial. Caso não consiga comunicação com o hospital, remova a pessoa o mais rápido possível para o hospital mais próximo. Segundo dados norte-americanos 1 em cada 50 sobrevive devido ao atendimento imediato.
Fonte de dados
http://www.raios.com.br

MyPassion
Thomas Hümmrich

Jornalista de formação, atualmente no curso técnico de guia de turismo

Comentários.
Deixe um comentário.